A síndrome do túnel do carpo é uma doença que é resultado da compressão do nervo mediano no canal do carpo (estrutura anatômica que fica localizada entre a mão e o antebraço). Por meio desse túnel rígido, além do nervo mediano, passam os tendões flexores que são revestidos pelo tecido sinovial.

Sendo assim, qualquer situação que aumente a pressão dentro do canal faz com que o nervo mediano, surgindo a síndrome do túnel do carpo.

Causas da síndrome do túnel do carpo

A principal causa da síndrome do túnel do carpo é a Lesão do Esforço Repetitivo, causada por movimentos repetitivos, como digitar ou tocar algum instrumento musical. Há também causas resultantes de traumas (quedas e fraturas), inflamações (artrite reumatoide), hormônios e medicamentos. Além disso, os tumores estão entre as possíveis causas da síndrome do túnel do carpo.

Sintomas da síndrome do túnel do carpo

O principal sintoma da síndrome do túnel do carpo é a parestesia, ou seja, uma sensação de formigamento, de dormência, que aparece mais durante a noite, ocorrendo na área de inervação do nervo mediano.

A evolução da síndrome do túnel do carpo dificulta a manipulação de pequenas estruturas e a execução de tarefas simples, como pregar botões, segurar uma xícara, etc.

Tratamento para a síndrome do túnel do carpo

O tratamento da síndrome do túnel do carpo leva em consideração o grau de gravidade da doença. Caso seja leve, é indicada a colocação de uma órtese que imobiliza o pulso, juntamente com o uso de anti-inflamatório não-hormonal. Caso não haja melhora, é feita a aplicação de cortisona dentro do canal do carpo.

Quando se esgotam as possibilidades de um tratamento clínico para a síndrome do túnel do carpo, a cirurgia é o método mais indicado. E a SP Hand Center está preparada para receber e tratar, de maneira especializada, todos os casos relacionados a síndrome do túnel do carpo.