As malformações congênitas nas mãos são problemas que aparecem ainda na formação do feto, nos primeiros meses de gestação, estando relacionadas, principalmente a alguma síndrome que traz outras alterações, como problemas no coração, malformações no tubo digestivo, etc.

Causas das malformações congênitas nas mãos

São inúmeras as causas que levam ao aparecimento das malformações congênitas nas mãos, onde algumas estão no conhecimento popular e outras não. Nas etapas de desenvolvimento do feto, por exemplo, podem ocorrer erros que pode causar as malformações congênitas nas mãos.

Malformações congênitas nas mãos mais comuns

As mãos e membros superiores são os locais mais afetados por malformações congênitas. Os casos mais comuns de malformações congênitas nas mãos são:

  • Sindactilia: Dedos unidos;
  • Polidactilia: Número extra de dedos (pré-axial: duplicação do polegar e pós-axilal: duplicação de algum dos demais dedos);
  • Camptodactilia: Ponta do dedo torta;
  • Duplicação do polegar;

Diagnóstico das malformações congênitas nas mãos

É possível diagnosticar as malformações congênitas nas mãos a partir do terceiro mês de gravidez, através de um ultrassom morfológico, permitindo visualizar o bebe dentro do útero, para identificar possíveis doenças.

Tratamento para as malformações congênitas nas mãos

Antes de tudo, o tratamento para as malformações congênitas nas mãos precisa ser absolutamente individual, estando de acordo com o tipo de deformidade, grau de comprometimento na estrutura óssea, idade do paciente, etc.

Por conta desses fatores, a SP Hand Center indica que a criança que possui alguma das malformações congênitas nas mãos sejam levadas o mais rápido possível para serem avaliadas por um de nossos especialistas em cirurgia da mão, para que o tratamento possa ser planejado etapa a etapa.